Provavelmente você já ouviu falar sobre Inbound Marketing e CRM, certo? Mas você sabia que elas podem ser muito mais efetivas para melhorar o relacionamento com clientes se forem trabalhadas juntas?

Ao longo da história, a humanidade foi modernizando as suas relações, o que impactou diretamente os mais diversos segmentos da economia. O ser humano é capaz de criar tanto problemas como soluções, é ou não é? 

Na área de vendas, a título de exemplo, diversas “tendências” já surgiram como excelentes alternativas para depois se tornarem obsoletas. Quer um exemplo? As confusas e extensas planilhas de Excel. 

Pouco a pouco, avançados softwares de CRM (Customer Relationship Managementou seja, Gestão de Relacionamento com o Cliente) se estabeleceram como sistemas mais eficientes. Eles denotam uma gestão muito mais profissional, madura e comprometida com a satisfação do consumidor. 

Aliando as vantagens do CRM com as técnicas de Inbound Marketing, podemos atrair a clientela de maneira mais assertiva e mais propensa ao sucesso no fechamento da venda. Quer saber como? Continue a leitura na sequência! 

Mas afinal, o que é mesmo o Inbound Marketing? 

Durante muito tempo, empresas faziam suas campanhas de marketing, especialmente na mídia tradicional, e esperavam que os clientes simplesmente aparecessem.

Atualmente, não basta produzir anúncios. Ainda mais se forem maçantes e repetitivos. Precisamos encantar o consumidor e criar uma narrativa que atraia a atenção dele para a sua empresa. E não há melhor lugar para fazer isso do que na internet. 

É justamente aí que entra em cena o Inbound Marketing. Esta é uma estratégia que abrange algumas das principais estratégias de marketing digital (Marketing de Conteúdo, SEO e Redes Sociais) para atrair a atenção do público-alvo e se baseia na educação, nutrição e relacionamento.

Ele consiste em oferecer conteúdo de qualidade para o seu público-alvo. Logicamente, de acordo com o seu nicho de atuação. Dessa maneira, criamos oportunidades de negócios em que o cliente procura a empresa com a segurança e a certeza de que encontrará o produto e/ou o serviço certo.  

Por que e como investir no Inbound Marketing?

Inbound Marketing contribuina maioria das vezes, para que sejam evitadas frustrações. Ao conhecer o perfil do seu público e criar conteúdos que os ajudem a solucionar seus problemas e dúvidas, o consumidor estabelece um vínculo de confiança com a sua marca e tende a ser fidelizado se tiver um trabalho de relacionamento bem feito. Além, claro, de propagar uma imagem positiva de sua empresa para as demais pessoas. 

Como bem sabemos, a popularização da web e das redes sociais gerou um alcance muito maior para as empresas. Ainda que a disputa por uma boa posição no mercado atual seja acirrada, os meios para divulgar os negócios são mais amplos. 

O processo de utilização do Inbound Marketing pode ser resumido da seguinte maneira: 

  1. Conquistar a atenção do seu público-alvo com conteúdo que cative e que seja de qualidade. Por exemplo: e-books, artigos em blogs, posts nas redes sociais, vídeos informativos, entre outros; 
  2. Converter esse público em leads pela afinidade com o conceito da marca (a própria pessoa passa a seguir sua página ou fornece uma via de contato para receber informações); 
  3. Transformar essa sintonia em vendas concretas, afunilando o processo;
  4. Garantir que esse cliente sinta-se satisfeito, mantenha-se engajado, volte a comprar mais vezes e divulgue voluntariamente a sua empresa. 

No entanto, como se destacar e chamar a atenção de clientes em potencial para que esse ciclo aconteça? Bem, uma das melhores estratégias é aliar as habilidades do sistema CRM com as artimanhas do Inbound Marketing. Juntos eles se tornam ainda mais eficientes. 

E qual é o papel do CRM nesse processo? 

Os softwares de gestão de relacionamento com a clientela influenciam diretamente na estratégia de Inbound. Afinal, é justamente através do CRM que a empresa consegue dados concretos que agregam mais valor ao conteúdo que é produzido. 

O CRM revela com detalhes quem é o seu público-alvo e quais são os clientes em potencial. Podemos cruzar dados, traçar perfis e criar uma persona para a qual o marketing de conteúdo será dirigido. Essa é a chamada qualificação de lead. 

Levando a informação às pessoas certas, otimizamos nossos esforços com mais foco, recursos bem empregados e maior probabilidade de sucesso na conclusão da venda. As perspectivas já foram alinhadas antes mesmo de os clientes chegarem à loja (seja ela física ou virtual). 

Sem sombra de dúvidas, o Inbound Marketing veio para ficar e ele é otimizado pelo CRM. A propósito, a via inversa também é válida. O CRM pode ser abastecido por informações do time de marketing, o que leva à uma comunicação mais estreita entre esses profissionais e o setor comercial. 

LEIA TAMBÉM: Afinal, o que é CRM marketing e como implementá-lo em sua empresa sem pagar nada?

Resultados da integração entre Inbound Marketing e CRM  

Em um cenário perfeito, a integração entre Inbound e CRM gera uma sintonia entre áreas diferentes da empresa que antes se enxergavam como partes isoladas. Assim são aprimorados os procedimentos internos, gerando mais produtividade e lucratividade. Mas e se essa sincronia não for imediata? 

Bem, é comum que esse compartilhamento e direcionamento de informações vá evoluindo com o tempo. E a própria plataforma de CRM fornece análises e relatórios com dados reais e precisos que podem servir como base para as próximas estratégias a serem adotadas. 

Por fim, o gestor pode ter acesso aos números exatos de conversão de leads e como os clientes se comportaram no funil de vendas. Assim, são identificadas possíveis falhas para que elas possam ser corrigidas. A tomada de decisões só tem a ganhar com isso. 

Enfim, contar com as ferramentas certas de CRM e integrá-las às ações do Inbound Marketing é essencial tanto para a evolução de processos internos como para melhorar a relação da empresa com o cliente. São diversos aspectos interconectados. 

No longo prazo, eles impactam no tempo, nos esforços e nos recursos utilizados, dando o know how que sua empresa precisa para ser mais lucrativa e também reconhecida pela clientela como uma referência no mercado.  

E então, gostou das informações? Restaram dúvidas? Deixe seu comentário e nos ajude a enriquecer ainda mais os conteúdos disponibilizados no nosso blog. Até a próxima, com mais dicas!